ladob_blog

Adaptações gerais para a casa do idoso

Por Dra. Dariene Rodrigues

Para evitar que o idoso caia e ocorra uma fratura grave, pode ser necessário fazer algumas adaptações na casa, eliminando perigos e tornando as divisões da sua casa mais seguras e adequadas às dificuldades do idoso, como retirar tapetes ou colocar barras de suporto no banheiro, por exemplo.

Alguns idosos desenvolvem dificuldade a andar, porque têm dor nas articulações, falta de massa muscular ou perda de equilíbrio, além de poderem ter dificuldade em enxergar ou mesmo estarem confusos e, por isso, é importante eliminar todos os perigos do interior e exterior da casa para tornar o ambiente mais seguro.

Além disso, se possível, o quarto, a cozinha e o banheiro da casa do idoso devem ficar no piso mais inferior para evitar subir e descer escadas, porque aumenta o risco de cair.

Desta forma, algumas das adaptações que devem ser feitas na casa do idoso incluem:

  • Ter divisões espaçosas e amplas, com poucos armários ou vasos, por exemplo;
  • Prender fios de eletrodomésticos à parede;
  • Dar preferência aos móveis sem quina;
  • Colocar pisos antiderrapantes, principalmente na cozinha e casa de banho;
  • Ter as divisões bem iluminadas, optando por ter vários candeeiros e cortinas claras;
  • Guardar os objetos pessoais mais utilizados em locais de fácil acesso, como armários e gavetas baixas;
  • Retirar tapetes do chão de todas as divisões;
  • Prender tacos que possam estar soltos;
  • Não encerar pisos, nem deixar nada molhado no chão;
  • Substituir ou consertar móveis instáveis;
  • Evitar cadeiras muito baixas e camas muito altas;
  • Usar maçanetas de fácil abertura, evitando as que são redondas.

No caso da habitação do idoso ter escadas estas devem ser baixas, e é importante colocar corrimões dos dois lados das escadas, além de pintar com uma cor forte os degraus e colocar um piso antiderrapante para evitar que o idoso caia. No entanto, em alguns casos, pode ser necessário colocar um elevador que suba as escadas da casa do idoso.

Banheiro

O banheiro do idoso deve ser amplo, não ter tapetes e ter apenas um armário baixo com os objetos essenciais, como toalhas e produtos de higiene, por exemplo.

Deve-se optar por um chuveiro em vez da banheira, onde seja possível entrar uma cadeira de rodas e pode ser necessário colocar barras de apoio para que o idoso se possa segurar durante o banho.

Quarto

O quarto do idoso deve ter uma cama com um colchão firme e, em alguns casos, pode ser necessário escolher uma cama com grades para evitar as quedas noturnas. Os objetos mais usados pelo idoso, como óculos, medicamentos ou telefone, também devem estar sempre ao seu alcance.

Além disso, é importante que o quarto seja bem iluminado, devendo ter uma luz de presença durante a noite.

Exterior da casa

O exterior da casa do idoso também pode por em risco a sua segurança e levar o idoso a cair ou se machucar e, por isso, deve-se:

  • Consertar calçadas e degraus quebrados do jardim;
  • Limpar caminhos e remover entulhos de folhas, vasos ou lixeira;
  • Substituir escadas por rampas com corrimão;
  • Retirar fios elétricos em locais de passagem;
  • Não lavar o quintal com detergente porque torna o pavimento mais escorregadio.

Já conhece as Calças adaptadas da Lado B Moda Inclusiva, que facilitam o vestir e despir para pessoas com mobilidade reduzida, idosos e o dia-a-dia de cuidadores? Confira!

como comprar

3 thoughts on “Adaptações gerais para a casa do idoso”

  1. Parabens! Muito bom esse texto. A maioria das adaptações mencionadas também servem para a casa de um lesado medular. Poderia ser redigido um texto complementar, esclarecendo as mudanças específicas que são necessárias para uma casa onde more um deficiente físico com uma lesão medular alta (nível cervical). Fica a sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *